TROMBOSES E VARIZES: O QUE DEVEMOS SABER?

TROMBOSES E VARIZES: O QUE DEVEMOS SABER?

Por Dr. Emerson Ciorlin

Existem vários aspectos que relacionam estas duas patologias e devem ser bem entendidos para evitar confusões. Varizes são veias dilatadas e tortuosas, enquanto que a trombose é a formação de um coágulo sanguíneo dentro da veia e, consequentemente, a obstrução da mesma com processo inflamatório adjacente.
Devemos destacar que a presença de varizes calibrosas nos membros inferiores aumenta o risco de tromboses em cerca de duas vezes, sendo ainda maior quando associado a uso de anticoncepcionais hormonais, tabagismo o u durante período gestacional.
A Síndrome pós-trombótica é uma complicação crônica após a ocorrência da trombose venosa no membro inferior, cursando com alterações progressivas na circulação de retorno venoso e consequente dores, aparecimento de varizes, manchas escuras na pele, inchaços nas pernas e até mesmo ulcerações da pele.
Portanto o tratamento adequado de uma trombose venosa diminui os riscos de complicações tardias como os aparecimentos de varizes, e, o tratamento de varizes diminui os riscos de novos eventos trombóticos.

Quem teve trombose pode tratar varizes?
Sim, após uma adequada avaliação do sistema venoso profundo e superficial podemos eleger candidatos e indicar tratamentos de maneira a não aumentar o risco, seja através de procedimentos cirúrgicos ou tratamentos ambulatoriais com utilização de Laser transdérmico e escleroterapia nas diferentes modalidades, sempre individualizando o tratamento. Não esquecer ainda do tratamento clínico com utilização de meias de compressão e medicamentos que ajudam a diminuir sintomas e assim trazer conforto.
Métodos menos invasivos podem ser utilizados com maior liberdade onde as técnicas envolvendo uso de Laser transdérmico e escleroterapia trazem segurança e eficácia para os pacientes que desejam melhorar os aspectos funcionais e estéticos das pernas.
Usuários de anticoagulantes de maneira continua também podem tratar suas pernas evitando complicações como varicorragias (sangramentos de varizes) e melhorando eventuais feridas ocasionadas pela presença de varizes importantes (úlceras varicosas).


IMPORTANTE:

VEIA VARICOSA deve ser adequadamente avaliada por profissional capacitado e tratada de maneira individualizada assim que possível, pois constitui um problema de saúde e pode apresentar complicações trombóticas na sua evolução.


TROMBOSE VENOSA tratada de maneira displicente pode evoluir com alterações crônicas da circulação de retorno e piorar muito a qualidade de vida.

WhatsApp
Enviar WhatsApp