PROCEDIMENTOS DA HEMODINÂMICA IMC

PROCEDIMENTOS DA HEMODINÂMICA IMC

Conheça os exames e as intervenções cirúrgicas que salvam vidas

A Hemodinâmica IMC realiza procedimentos por meio de técnicas minimamente invasivas, muitas vezes substituindo cirurgias, reduzindo tempo de internação e complicações para o paciente.

Conduzida por médicos e enfermeiros hemodinamicistas experientes, a Hemodinâmica IMC está preparada para atender quadros de alta complexidade, inclusive os emergenciais. É referência em diagnóstico e tratamento de patologias cardiovasculares e neurológicas há mais de 40 anos em São José do Rio Preto. Equipada com aparelhos modernos, que oferecem inovação tecnológica, somado à excelência médica IMC que você conhece e confia.

A Hemodinâmica IMC realiza mensalmente cerca de 70 cateterismos, 25 angioplastias com implante de stent e 20 ablações (correção de arritmias), além de inúmeros tratamentos de cardiopatias congênitas durante o ano e outros procedimentos inovadores na medicina.

CATETERISMO

O Cateterismo cardíaco é muitas vezes confundido com um procedimento, mas na verdade ele é um exame muito importante para a Cardiologia, pois é através dele que o médico pode diagnosticar obstruções nos vasos sanguíneos e outros problemas estruturais do coração. Essas obstruções nas artérias coronárias são causadas por placas de ateroma, que é a formação das chamadas placas de gordura nas paredes das artérias. Elas limitam e, dependendo do caso, impedem a passagem do sangue para o coração, nesses casos em que o fluxo é interrompido, o músculo cardíaco pode sofrer o infarto.

ANGIOPLASTIA COM IMPLANTE DE STENT

A angioplastia é um dos procedimentos realizados pela Hemodinâmica IMC. Ele repara um vaso deformado, estreitado ou dilatado através de um cateter. Durante a angioplastia, o paciente pode receber um stent, uma pequena malha de aço cirúrgico responsável por manter a normalidade no fluxo sanguíneo das artérias. Siga os posts para saber mais sobre esse procedimento.

ULTRASSOM INTRACORONÁRIO

O IMC e HMC disponibiliza um dispositivo de alta tecnologia para investigação e tratamento da Doença Arterial Coronariana, doença que causa a obstrução das artérias e vasos do coração. O Ultrassom Intracoronário (IVUS), permite visualizar a imagem por dentro da artéria, em três dimensões, semelhante à uma visão real e detecta lesões obstrutivas por placas de gordura, que seriam difíceis de quantificar no cateterismo cardíaco ou na angiografia com contraste. Ele também auxilia no implante dos stents, otimizando a visualização e o posicionamento na parede das artérias, que são vistas por dentro. É um procedimento minimamente invasivo, com anestesia local, realizado por um cateter com um pequeno transdutor inserido na ponta, uma espécie de câmera que transmite as imagens do interior das artérias.

ABLAÇÃO

A ablação é o procedimento mais eficiente para o tratamento definitivo das arritmias cardíacas. É realizada através dos cateteres por veias e artérias, sem a necessidade de abertura do tórax, dessa forma, a recuperação é muito rápida e totalmente indolor. Os cateteres são posicionados no foco da arritmia e uma energia, chamada radiofrequência, que aquece o tecido é aplicada, eliminando a arritmia.

TAVI – IMPLANTE TRANSCATETER DE VALVA AÓRTICA

O Implante Transcateter de Valva Aórtica, procedimento conhecido como TAVI, corrige a Estenose Aórtica (EA), um estreitamento da válvula que impede o fluxo sanguíneo do ventrículo esquerdo para a aorta. O implante mudou a história das cirurgias cardíacas no mundo por ser realizado de forma minimamente invasiva, permitindo, assim, que pacientes com alto risco ou com impossibilidade cirúrgica pudessem fazer o procedimento de forma segura e corrigir a patologia. O procedimento é realizado através de uma punção na virilha. A válvula nova é guiada por um cateter pela aorta, sob visão de radioscopia e ecocardiografia, até ser posicionada no anel aórtico.

WhatsApp
Enviar WhatsApp