TODO CUIDADO COMEÇA COM UM OLHAR.

TODO CUIDADO COMEÇA COM UM OLHAR.

Todo cuidado começa com um olhar: um olhar de atenção, de cautela, um olhar para si, para o outro, um olhar de amor. Esse mês de outubro, vamos incentivar os cuidados com a saúde buscando esse primeiro olhar.

Estamos no mês de incentivo à prevenção do câncer de mama, ele é o mais comum entre as mulheres, correspondendo a 22% dos casos novos a cada ano no Brasil, e as taxas de mortalidade também são bastante elevadas, porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), 45,3% dos casos de câncer de mama são descobertos quando a doença já está muito avançada o que dificulta o tratamento e a sobrevida das pacientes. O diagnóstico precoce depende de você, mulher, em primeiro lugar. Do seu cuidado, de conhecer seu corpo, do seu olhar para si. Quando você procura um médico você ganha um segundo olhar para o cuidado com a sua saúde.

Qualquer doença nos deixa fragilizados e ter o carinho, o apoio e o cuidado de quem amamos facilita muito a recuperação. Com o câncer não é diferente. Essa doença provoca mudanças físicas, emocionais e de rotina com os tratamentos, por isso, quando o diagnóstico é feito, o acompanhamento da família e amigos é tão importante, pois auxilia no processo de recuperação do paciente, contribuindo para o bem-estar.

Segundo a pesquisa “Câncer de mama metastático: a voz das pacientes e da família”, feita pelo Instituto Provokers, em nove capitais brasileiras, para as pacientes ter a família por perto e encontrar com amigos são alguns dos fatores mais lembrados, quando incentivadas a pensar sobre as situações que poderiam beneficiá-las durante o tratamento de câncer.

O suporte emocional é importantíssimo para que a paciente tenha êxito no tratamento. Parceiros(as) e filhos(as) são quem mais dá apoio às pacientes brasileiras, apesar de estarem abalados pela doença. Medo, tristeza e insegurança foram os sentimentos com maior número de relatos entre as mulheres com câncer e seus parentes ouvidos pelo levantamento. Um olhar de incentivo pode mudar tudo.


Um olhar de apoio também.

Procure um médico especialista. Cuide-se e apoie quem precisa.

Fonte: Instituto Nacional do Câncer (INCA); Instituto Oncoguia.

WhatsApp
Enviar WhatsApp