ANEURISMA CEREBRAL E ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

ANEURISMA CEREBRAL E ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

Entenda como estão relacionados e como provocaram a morte do artista Tom Veiga, que interpretava o personagem Louro José.


Quando falamos de Aneurisma Cerebral e Acidente Vascular Cerebral (AVC) logo pensamos, será possível se prevenir dessas patologias? A resposta não é tão simples, mas em se tratando de saúde há sempre alguma recomendação médica para ajudar na organização de um planejamento preventivo. Para isso precisamos primeiramente saber o que é e o que causa o Aneurisma e o AVC.

ANEURISMA CEREBRAL

O Aneurisma Cerebral é quando uma parede enfraquecida de uma artéria do cérebro dilata, formando uma espécie de bexiga que cresce ao longo do tempo e, com o afrouxamento desse tecido vascular, aumenta o risco de ruptura. É importante saber que os tipos de aneurismas congênitos, ou seja, que a pessoa tem desde o nascimento são raros, na maioria das vezes os aneurismas são causados pela hipertensão arterial sem tratamento somado a uma tendência do paciente à fragilidade dos vasos sanguíneos. Dificilmente apresentam sintomas quando estão pequenos, mas quando crescem pode comprimir alguma estrutura cerebral e provocar sintomas como dores de cabeça, náuseas, tonturas, convulsões, fraqueza em um lado do corpo, visão dupla, entre outros.

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

Existem dois tipos de Acidente Vascular Cerebral: o Isquêmico e o Hemorrágico. O Isquêmico é o mais comum e ocorre quando uma obstrução na artéria interrompe o fluxo sanguíneo em uma determinada área do cérebro. Já o Hemorrágico é causado pelo sangramento que ocorre no cérebro devido ao rompimento de um vaso sanguíneo, por isso também é popularmente conhecido como derrame. Entre as principais causas do AVC Hemorrágico está o Aneurisma Cerebral.

CASO TOM VEIGA

A relação entre essas duas patologias gerou a causa da morte do artista Tom Veiga, de 47 anos, que interpretava o personagem global Louro José. Um Aneurisma Cerebral que se rompeu e causou o Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico. Tom Veiga já tinha um histórico de doenças cardiovasculares, em 2017, já havia passado por um cateterismo, exame que possibilita a identificação de obstruções nos vasos sanguíneos do coração, ou seja, já possuía o indicativo de acompanhamento regular com um cardiologista e vascular.

O principal fator que leva ao rompimento do Aneurisma Cerebral é a hipertensão descontrolada. A pressão alta pode ser causada por diversos fatores como obesidade, o sedentarismo, o estresse, o tabagismo, as quantidades excessivas de álcool ou sódio (sal) e a tendência hereditária.

A melhor forma de prevenir o rompimento de um Aneurisma Cerebral que pode causar o Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico é tendo hábitos saudáveis, ter uma alimentação balanceada, eliminar o fumo, evitar bebidas alcóolicas, praticar atividade física, além de realizar consultas e exames de rotina com um cardiologista, que poderá diagnosticar de forma precoce esses e outros problemas e buscar o melhor tratamento para cada caso.

WhatsApp
Enviar WhatsApp