04 DE MARÇO – DIA MUNDIAL DA OBESIDADE

04 DE MARÇO – DIA MUNDIAL DA OBESIDADE

Saiba mais sobre essa doença que vai além da estética.

O Dia Mundial da Obesidade é dedicado a enfrentar a epidemia global de obesidade, conscientizar e encorajar a mudança na forma como essa patologia é abordada na sociedade, além de incentivar soluções práticas para ajudar as pessoas a alcançarem e manterem um peso saudável, realizar tratamento adequado e reverter a crise do excesso de peso.

A obesidade é considerada uma grande epidemia mundial, representando um ônus para a sociedade e para o sistema público de saúde por associar-se a importante morbimortalidade. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que em 2025 cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com excesso de peso, sendo mais de 700 milhões com obesidade. O número de crianças com sobrepeso e obesidade poderá chegar a 75 milhões, caso nada seja feito.

Hoje, no Brasil, 20,7% das mulheres têm obesidade e 18,7% dos homens. Essa patologia é diagnosticada através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). Ele é feito da seguinte forma: divide-se o peso (em Kg) do paciente pela sua altura (em metros) elevada ao quadrado. De acordo com o padrão utilizado pela OMS, quando o resultado fica entre 18,5 e 24,9 kg/m2, o peso é considerado normal. Entre 25,0 e 29,9 kg/m2, sobrepeso, e acima deste valor, a pessoa é considerada obesa.

Segundo a médica endocrinologista, Dra. Mariane Mendes, “a obesidade é uma doença complexa, crônica e multifatorial. O obeso tem mais propensão a desenvolver hipertensão arterial, diabetes mellitus tipo 2, asma, gordura no fígado, doenças cardiovasculares, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico e alguns tumores”. A doença também acarretar alterações psicológicas como diminuição da autoestima e depressão, finaliza a médica.

O paciente que sofre de obesidade precisa de tratamento adequado e contínuo como qualquer outra doença crônica, o objetivo é melhorar a saúde e a qualidade de vida. O profissional de saúde capacitado a tratar essa doença tem a missão de incentivar a mudança de estilo de vida, como a prática de atividade física, além de uma alimentação mais saudável e a introdução de medicação para perda de peso, quando necessário.

Referência Bibliográfica

  1. https://pt.worldobesityday.org/public#roots-listing
  2. MANCINI, M.C.; MELO. Tratado de obesidade / Marcio C. Mancini …[et. al]. – 2. ed. – [Reimpr.]. – Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.
  3. https://abeso.org.br

WhatsApp
Enviar WhatsApp